[Grito Rock] Abertas inscrições para Oficinas Gratuitas

Nesta edição do Grito Rock Feira de Santana, o Feira Coletivo vai ampliar as ações oferecendo Oficinas Gratuitas para a comunidade.

Serão 3 oficinas, de Fotografia, Cinema e Dança, que acontecerão no CUCA – Centro Universitário de Cultura e Arte, no dia 22 de março, próximo sábado, das 8h às 12h. Os alunos inscritos receberão certificado de 4h de participação.

Atenção: as três oficinas irão acontecer ao mesmo tempo no mesmo horário, então só é possível se inscrever em uma oficina.

Esta ação vai encerrar as atividades do Grito Rock Feira de Santana 2014. Participe!

Saiba mais sobre as oficinas e os professores:

* (INSCRIÇÕES ENCERRADAS)

Oficina Cinema

 

OFICINA DE HISTÓRIA DO CINEMA

Prof. Alan Magalhães

Através de uma análise do filme ‘A invenção de Hugo Cabret’, o prof. abordará todas as fases das descobertas que levaram a criação do cinema como conhecemos.

Sobre o professor

Alan Magalhães é graduando em Cinema na UFRB, com formação técnica em design gráfico. Atualmente é sócio na Apronto Comunicação e proprietário da Camguru Filmes. Atua no mercado desde de 2004, onde começou como produtor e editor em agências de publicidade foi produtor na Mérito Comunicação e produtor e editor na ZAZ Comunicação. Trabalhando com filmagem também em alguns eventos, fez vídeos ligados a moda, documentários institucionais (a exemplo da Faculdade UNEF) e possui um foco voltado para artistas feirenses, já tendo feito vídeos para os artistas: Paulo Costa, Trupe Mandhala, Diabo A4 Editora, Clube de Patifes, Novelta, entre outros. Atua de forma colaborativa no Feira Coletivo Cultural, experimentando, aprendendo e passando adiante um pouco de sua experiência.

 

Oficina Fotografia

 

OFICINA DE FORMAÇÃO EM FOTOGRAFIA DIGITAL

Prof. Pedro Henrique Caldas

Antes de adquirir uma câmera digital é importante você tomar algumas decisões e fazer algumas análises a respeito das suas expectativas como fotógrafo.

Nesta oficina serão analisadas os tipos de câmeras bem como suas características e funções e o melhor custo/benefício para adquirir sua câmera, ou entender melhor a câmera que já possui, explorando totalmente seu potencial.

Sobre o Professor

Pedro Henrique Caldas tem 28 anos e desde 2009 usa a fotografia como arte para se expressar, atuando principalmente na área cultura de Feira de Santana pelo Feira Coletivo Cultural. Tem formação em Fotografia pelas Oficinas do CUCA-UEFS e LABFOTO-UFBA.

 

 

Oficina Dança DPR_n

 

 

OFICINA DE DANÇAS POPULARES REGIONAIS

Profª Lyara Brito

O foco da Oficina será o trabalho coreográfico com algumas manifestações de danças populares Brasileiras.

*Maracatu – Um ritmo musical com dança típica da região pernambucana. Reúne uma interessante mistura de elementos culturais afro-brasileiros, indígenas e europeus, possui uma forte característica religiosa. Os bailarinos representam personagens históricos (duques, duquesas, embaixadores, reis e rainha) em um cortejo que é acompanhado por uma banda com instrumentos de percussão.

*Baião – Típica da região do Nordeste, a dança ocorre em pares com movimentos parecidos com o forró.

*Catira – Conhecida também como cateretê é uma dança caracterizada pelos passos, batidas de pés e palmas dos dançarinos. Típica da região interior dos estados de São Paulo, Paraná, Minas Gerais, Goiás e Mato Grosso.

*Ciranda – é um tipo de dança e música de Pernambuco, originada no nordeste mais precisamente em Itamaracá pelas mulheres de pescadores que cantavam e dançavam esperando a volta deles do mar.

*Frevo – Espécie de marchinha muito acelerada, não possui letra e os bailarinos usam geralmente um pequeno guarda-chuva colorido como elemento coreográfico.

Sobre a professora

Antonia Lyara Brito é estudante de Filosofia pela Universidade Estadual de Feira de Santana e Dança pela Funceb. É bailarina e coreógrafa da Trupe Mandhala e também umas de suas fundadoras, bailarina intérprete da Cia. Denys Silva do BTCA/Extensão e fez parte da extinta Trupe Yonah primeiro grupo de dança Tribal da cidade de Feira de Santana-BA.
Lecionou na Academia Earte, Academia Arte de Dançar, Sport Life e em alguns colégios da rede estadual e municipal pelo Projeto Mais Educação que leva artes integradas para os alunos. Tem como trabalho de pesquisa as fusões entre danças orientais e outras hibridações, usando como principais inspirações as Danças Populares Regionais, danças de rua, dança contemporânea, ragga, azonto.

_________________________________________________

INSCRIÇÕES ENCERRADAS

Fotografia Digital: http://bit.ly/1qMkBoJ 

História do Cinema: http://bit.ly/1iWxPdi

Danças Populares Regionais: http://bit.ly/1lIuiB3

Comments

comments

Deixe uma resposta