Caravana da Música fará nova edição em julho com Diamba em Feira de Santana

diamba_siad

A Maré Produções Culturais fará uma edição especial do projeto Caravana da Música, a bem sucedida iniciativa que promoveu circulação de nomes de destaque da cena musical baiana por dez municípios do estado de janeiro a março de 2016. Agora será a vez de Feira de Santana receber o projeto, com uma única apresentação da Diamba, em show gratuito na Praça do Fórum, no dia 30 de julho, às 17h.  Em sua primeira edição, o Caravana da Música alcançou 15 mil espectadores, mostrando que a música produzida no estado é plural e há uma potência enorme de trocas no interior do estado. A expectativa é que a caravana possa ter continuidade e seguir em 2017.

 Para  a Maré Produções Culturais, a expectativa é que o Caravana da Música possa ter continuidade, mantendo os artistas baianos em circulação e difundindo essa produção musical consistente, mas que nem sempre tem os meios de alcançar um estado tão grande e diverso. A iniciativa conta com o patrocínio da VIVO, através do Fazcultura e nesta edição, recebe o apoio da Prefeitura de Feira de Santana.
 Além dessa edição extra do projeto em Feira de Santana, a novidade é que neste segundo semestre de 2016, será lançado um documentário, mostrando todos os bastidores do projeto, mas também trechos de apresentação e a reverberação do poder da música junto ao público. Realizado em parceria com a Movida Produtora de Conteúdo, encabeçada pela videomaker Dayse Porto, o filme será um importante registro da cena atual da música baiana.
 O show com a Diamba faz parte da celebração dos 20 anos do grupo, seguindo sua busca de inventar novas sonoridades e esquentar o público com seu ritmo dançante. Formada pelos músicos Duda Sepúlveda, o Duda Diamba no vocal; Renato Nunes no baixo e Tilson Santana nos teclados, a banda Diamba  se relaciona com a vertente nativa do reggae brasileiro com as particularidades da cultura regional. Para a banda, que hoje conta com mais quatro integrantes, o baterista Iuri Carvalho, o tecladista Paulo Fael e os guitarristas André Lomi e Reman Buchegger, o segredo é manter o reggae sempre em evolução.
 Para o músico Duda Diamba, “nesse momento da história quando a cultura precisa chegar com mais urgência nas pessoas, a Caravana da Música completa mais uma temporada, levando através do som de suas atrações uma ideia brilhante de conexão cultural. Nós, da Diamba, agradecemos a confiança e o deleite de participarmos do encerramento, de mais uma temporada, de grande sucesso. Numa Cidade de grande importância na vida cultural da Bahia, estamos chegando com a Caravana e na Mochila um Disco Novo, com Show novo. Setas indicam a direção para nosso grande encontro em Feira de Santana.”
 Com sotaque baiano e forma de fazer poesia cotidiana, a Diamba usa e abusa da literatura nordestina e ainda adiciona influências do Rock and Roll e da MPB em suas composições e repertórios. Já as influências do reggae vão de Bob Marley a Steel Pulse. A cadência de notas e a forma de cantar da Diamba são inconfundíveis e, ao mesmo tempo, totalmente globais. Nesses 20 anos de estrada pontuados pela produção de quatro discos e um DVD, gravados de forma independente, a Diamba fez inúmeras apresentações pela capital e pelo interior da Bahia, além das turnês no Rio de Janeiro, Florianópolis, São Paulo e no interior de Minas Gerais. Para os músicos, sair da Bahia significa sempre constatar a universalidade da música da Diamba e a abertura de novas portas.
Mais sobre a Diamba – Em sua cronologia a Diamba conta ainda com doze participações no Festival de Verão Salvador, o show no 1° Mundial de Bodyboarding, além da realização do projeto proprietário “Dia de Encontro”, com duas edições anuais. A primeira edição do projeto, em 2008, recebeu na Concha Acústica de Salvador a banda Carioca Ponto de Equilíbrio, com ingressos esgotados e público de 5.700 pessoas, enquanto a segunda edição, em 2009, lotou o Bahia Café Hall – Paralela. A banda também participou de duas edições do Mundial de Surf na Bahia, o WQS. No ano de 2010, a banda se destacou com o projeto “Te Encontro no Pelô”, realizado na Praça Teresa Batista, com quatro edições e convidados especiais do cenário local e nacional. Em 2011, a banda Diamba participou do SURF REGGAE TOUR, ao lado da banda paulista Planta & Raiz, que passou por Salvador, Feira de Santana e Porto Seguro. Já em 2012, a Diamba realizou o lançamento do seu 4º CD, o FMD, Fraternidade Musical Diamba. A grande surpresa do FMD foram as participações especiais: Alexandre Carlo, do Natiruts, na música “Coisas da Vida”, Hélio Bentes, da Banda Ponto de Equilíbrio, na canção “Bob Rei”, e Zeider, da banda Planta & Raiz, gravou a faixa “Falando com Jah”. O ano de 2013 foi agitado para a Diamba. Com a agenda de verão lotada, o grupo circulou pelas cidades do Sul da Bahia, tais como Barra Grande de Camamu, Ilhéus, Itacaré, e voltou aos palcos do Festival de Verão e do Estúdio do Som, com recorde de público. A agenda de carnaval também esteve lotada, com desfiles no Circuito Barra – Ondina, com o trio pipoca batizado de Reguitarrice Diamba, patrocinado pela Prefeitura de Salvador, e com shows no palco do Camarote Planeta Band, no Palco Sustentável da Praça Castro, patrocinado pelo Banco Itaú, e na programação do “Carnavais Negros”, no Palco Resistência. Em 2014, logo no começo do ano, durante o Festival de Verão 2014, Duda Diamba foi o único convidado da banda Jamaicana The Wailers para representar o reggae nacional no show da banda em terras baianas. Além da circulação regional intensa, a banda foi uma das atrações credenciadas nos Espaços Culturais da Secult e do Pelourinho. 2015 foi também um ano de grandes conquistas para a banda, com a participação na gravação do DVD “Clássicos de Reggae Brasil”, da banda Natiruts, internacionalmente reconhecida; a participação no Carnaval do Pelourinho e nos bairros de Salvador, promovido pela Prefeitura; parceria com o ITAL STUDIOS, estúdio especializado em reggae; produção musical do novo CD, “Setas Indicam a Direção” e outros projetos como o Dia Nacional do Reggae, que consolidam a trajetória ascendente da Diamba no cenário da música reggae, sendo reconhecida como um dos principais grupos e respeitada como referência musical.

Serviço

Edição Extra Caravana da Música – Feira de Santana

 Quando: dia 30 de julho, às 17h
 Onde: Praça do Fórum
 Quem: Diamba
 Realização: Maré Produções Culturais

Comments

comments

Deixe uma resposta