Página 1
Padrão

Grito Rock vai conectar Feira de Santana a mais de 400 cidades em todo o mundo

Grito Rock

 

Festival colaborativo e integrado que pretende alcançar em 2014 400 cidades e 40 países, o Grito Rock foi idealizado pela rede Fora do Eixo em 2003 e é executado durante o período de festejos carnavalescos. Este ano o projeto chega à 12ª edição, conectando centenas de cidades e dezenas de países, durante o período de 20 de fevereiro à 30 de março, projetando-se como o maior festival colaborativo do mundo.

Em Feira de Santana a 4ª edição do Grito Rock será realizada nos dias 15 e 16 de março, a partir das 14h, no Centro de Cultura Amélio Amorim. A programação inclui 16 shows musicais, dança, invervenção poética, grafitagem, oficinas, palestras e a Feira Camelô 2.0, um espaço que vai reunir banquinhas de diversos expositores independentes.

Clique aqui e acompanhe a página do Grito Rock no Facebook.

Confira a programação completa:

CARTAZ_FINAL

O Grito Rock Mundo é um festival colaborativo realizado pelo Fora do Eixo, iniciativa financiada pelo Fora do Eixo Card e produzido com o apoio do Toque no Brasil.

Serviço

O quê: Grito Rock Feira de Santana
Quando: 15 e 16/03
Onde: Centro de Cultura Amélio Amorim (Avenida Presidente Dutra, 2222 – Feira de Santana)
Quanto: Ingressos antecipados – R$ 15 (valor único)
No evento – R$ 30 (inteira) | R$ 15 (meia)
Pontos de venda: balcões dos shoppings Boulevard e Arnold Silva Plaza

Padrão

O Som a Gosto é a pedida do dia 31

ARQUIVO_WEB

 

O Feira Coletivo mostra a receita pra alimentar a alma com boa música, é só acrescentar o Som a Gosto na agenda e curtir Clube de Patifes, Baia, Toco Y Me Voy  e Scambo. Este é o segundo de 4 eventos programados para marcar o aniversário da Clube e vai acontecer no Antiquário Pub.

Em um arroubo natural da idade – 15 anos – a Clube de Patifes abandonou as cadeiras da versão acústica e plugou a guitarra para celebrar mais um ano de blues. A Scambo se junta à festa trazendo a energia já conhecida do público sempre afinado em seus refrãos.

A soteropolitana Toco Y Me Voy também está no cardápio, uma delícia sonora com ingredientes regionais e internacionais combinados de forma criativa e divertida. Baia vem completar o banquete do Som a Gosto. Nascido na Bahia, criado em Pernambuco e radicado no Rio de Janeiro, ele carrega em suas composições os traços de todos os lugares por onde passou em seus 20 anos de carreira, mas é “Com a Certeza de Quem Não Sabe de Nada” que  lança (e intitula) o seu 7º CD.

 

Serviço:

O quê: Som a Gosto

Quando: 31/08 | 21h

Onde: Antiquário Pub | Rua General Mendes Pereira, 202 – Ponto Central

Quanto: R$ 15 (ingressos antecipados) | Pontos de venda: Central Mix (Boulevard Shopping e Centro Empresarial Maria Luiza)

 

 

Padrão

‘Intercenas Musicais’ promove circulação de artistas baianos em seis cidades do estado e duas capitais brasileiras

Intercenas FSA

Shows têm início neste final de semana, com apresentações em Juazeiro (sexta-feira, 11) e Feira de Santana (sábado, 12); Salvador, Cachoeira, Itabuna e Vitória da Conquista, além de São Paulo e Florianópolis, também recebem atrações do projeto

O Programa Conexão Vivo apresenta o segundo ano do Intercenas Musicais, projeto que promove a circulação de artistas baianos dentro e fora do estado, por meio da realização de eventos e mini-turnês.

Nesta edição, serão realizados 33 shows em 12 datas entre os meses de janeiro e fevereiro de 2013, passando por seis cidades baianas (Cachoeira, Feira de Santana, Itabuna, Juazeiro, Salvador e Vitória da Conquista) e duas capitais brasileiras (São Paulo e Florianópolis). As apresentações fomentam encontros entre artistas locais e visitantes, numa troca de experiências nos diferentes públicos de cada uma das atrações.

O Intercenas Musicais abre sua programação já neste final de semana, quando as cidades de Juazeiro e Feira de Santana recebem os primeiros shows desta extensa movimentação cultural promovida pelo projeto.

Feira de Santana entra na programação do Intercenas no sábado, 12, com shows das bandas Cascadura, Escola Pública e Clube de Patifes, além da cantora Josy Lelis, no Centro de Cultura Amélia Amorim. As apresentações nas duas cidades começam às 21 horas e custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).

Entre as outras cidades que recebem o Intercenas Musicais, já estão definidas as datas das apresentações em Itabuna (18 de janeiro, sexta-feira), Vitória da Conquista (19 de janeiro, sábado) e Cachoeira (21 de janeiro, segunda-feira). Salvador receberá cinco edições com apresentações do projeto, com datas e atrações a serem divulgadas. Maiores informações sobre as atrações nas outras cidades podem ser encontradas no site da produtora do evento (www.maquinarioproducoes.com.br), além da página do evento no Facebook (http://www.facebook.com/intercenasmusicais).

SERVIÇO: Abertura do Intercenas Musicais – Ano II.

Datas: dias 11 (sexta) e 12 (sábado) de janeiro.

Locais: Centro de Cultura João Gilberto (Juazeiro) e Centro de Cultura Amélia Amorim (Feira de Santana).

Programação:

Juazeiro – Dia 11/01 (sexta), 21h: Maglore, Clube de Patifes e Alisson Menezes.

Feira de Santana – 12/01 (sábado), 21h: Cascadura, Escola Pública, Clube de Patifes e Josy Lelis.

*Juazeiro – Dia 12/01 (sábado), 21h: Andranjos, Radio Mundi e o cantor Márcio Mello.

*O show do dia 12 em Juazeiro não faz parte do Intercenas Musicais, mas também integra a programação do projeto Conexão Vivo.

Patrocínio: O Intercenas Musicais – Ano II é patrocinado pela empresa Vivo, por meio do programa Conexão Vivo, através da lei de incentivo fiscal FazCultura, do Governo do Estado da Bahia.

Realização e produção: Maquinário Produções.

Site oficial: www.maquinarioproducoes.com.br

Twitter: www.twitter.com/maquinarioprod

Facebook: www.facebook.com/maquinarioproducoes

 

 

Padrão

Música independente vai mudar a clima do verão em Feira

      Feirense que é feirense passa os últimos meses do ano planejando onde vai veranear em janeiro e abandona a cidade em praticamente todos os fins de semana desse mês. Mas para 2013, o Feira Coletivo tem uma proposta diferente e irresistível: um festival com alguns dos maiores destaques da nova música baiana, o Veraneio Fora do Eixo. Dia 19 de janeiro, a partir das 15h, na arena do Amélio Amorim, as bandas Maglore, Vivendo do Ócio, Tabuleiro Musiquim, Trompas de Falópio, Tangerina Jones, Novelta, Banda da Senzala e Roça Sound vão mostrar como é que se curte o verão em Feira.

Os grupos Maglore e Vivendo do Ócio figuram entre os que chamam por aí de novíssimos baianos, e não é pra menos, as duas bandas conseguiram a façanha de levar a música independente da Bahia pro resto do Brasil e conquistaram o público por onde passaram. Prova disso foi a extensa agenda que a Maglore cumpriu recentemente no sudeste do país e a confirmação da Vivendo do Ócio no line-up do Lollapalooza Brasil.

Apesar de serem projetos recentes, tanto a Trompas de Falópio quanto a TabuleiroMusiquim contam com músicos experientes e com influências diversas em suas composições, o resultado disso é o Afro Regional Beat executado pela Trompas de Falópio e a mistura de Funk, Rock e ritmos afro-brasileiros feita pela Tabuleiro Musiquim.

As feirenses Tangerina Jones, NoveltaBanda da Senzala e Roça Sound são as responsáveis por levar ao festival a música independente local. Para isso, a Tangerina Jones – conhecida pelo público pelas performances animadas embaladas pelo Folk Rock – está preparando novidades para o seu show, já a Banda da Senzala promete acrescentar a sua já esperada dose de Reggae e psicodelia ao evento. O cotidiano transformado em rimas acompanhadas pelas pickups da Roça Sound tem presença confirmada no Veraneio. A ocasião também vai ser para o público conhecer a estreante Novelta, que usa o Stoner Rock na pegada de bandas como Queens of the Stone Age, Kyuss e Dozer pra falar do Nordeste como Dominguinhos e Luiz Gonzaga.

E aproveite os intervalos para passar na Banquinha, que também vai estar lá carregada de novidades da produção independente brasileira.

Pronto, está decretado o fim do tempo em que ficar em Feira durante o verão significava passar calor em casa na companhia do tédio, o Veraneio Fora do Eixo vai ser o melhor programa pra quem gosta de animação em janeiro!

Confirme presença -> http://on.fb.me/UvBouG

O quê: Veraneio Fora do Eixo
Quando: 19/01| 15h
Onde: Arena do Amélio Amorim
Quanto: R$ 10 (meia) | R$ 20 (inteira)
Pontos de venda: stands dos shoppings Boulevard e Arnold Silva Plaza

Padrão

Feira Coletivo encerra o ano com BaianaSystem, Diamba e Roça Sound

Para encerrar 2012 à altura do que o ano significou para a cultura independente em Feira de Santana, o Feira Coletivo vai levar para a arena do Amélio Amorim, no dia 14/12 (próxima sexta), a banda que tem mostrado ao mundo que o som da guitarra baiana ecoa além do carnaval, a BaianaSystem (SSA). Para completar a festa, as convidadas Diamba (SSA) e Roça Sound (FSA) farão o público dançar ao som de muito reggae e sound system.
Pernambuco, São Paulo, Europa, Ásia… a criatividade do BaianaSystem não conhece barreira geográfica. A liberdade sonora do grupo reinventa a tradicional guitarra empunhada por Armandinho fazendo-a dialogar com o sound system popularizado na Jamaica, o resultado correu o mundo, mas sempre volta pra se alimentar da energia de sua terra natal, a Bahia. E por falar em volta, desde 2011 o reggae da Diamba retornou aos palcos, são mais de 15 anos de carreira com 3 Cds e 4 DVDs lançados. Neste novo show, a banda mescla seus sucessos com canções do álbum que será lançado em breve.
A Roça Sound coloca o cotidiano feirense em rimas guiadas pelo reggae, rap, ragga, dub e dance hall, a combinação perfeita para arrematar a noite. E entre uma atração e outra, o público vai ter a oportunidade de dar a última passada de 2012 na Banquinha, que está sempre atualizada com a produção independente de artistas nacionais.

Clique e confirme presença -> on.fb.me/Xz5l1T

O quê: BaianaSystem, Diamba e Roça Sound
Quando: 14/12 | 20h
Onde: Arena do Amélio Amorim
Quanto: R$ 10 (meia) | R$ 20 (inteira)
Pontos de venda: stand do Boulevard Shopping

Padrão

No próximo domingo tem The Return of the Metalized Nights II

Ser metaleiro nesta terra de sol é uma questão de bravura e consciência de que cena forte é cena unida. É partindo dessas duas premissas – bravura e união – que acontece The Return of the Metalized Nights II, dia 09 de dezembro, às 17h, no Botekim. É hora dos headbangers de Feira e região tirarem seus spikes, coturnos e roupas negras do guarda-roupa e libertarem sua fúria ao som das bandas SteelTrigger (Heavy Metal), MetalWar (Power Metal), Blackoutt X (Heavy Metal) e Oculta (Crossover Gothic).
“No keyboard. No ballads.” – Esse é o recado curto e grosso da MetalWar pra quem vai prestigiar seus shows. O som é Power Metal tradicional mesmo, sem teclado, sem baladinhas e com a responsabilidade de levar o metal feirense pros palcos de toda Bahia, já tendo dividido o palco com nomes como Torture Squad e Dominus Praelii. Seguindo a linha tradicional vem a SteelTrigger, banda de Heavy Metal com riffs rápidos e pesados e canções autorais que deram destaque ao grupo.
Se fazer metal nas metrópoles baianas já é tarefa árdua, imagine em cidade menores? Pros jaguaquarenses da Blackoutt X esse é só mais um desafio a ser superado em função da música, mais precisamente, do Heavy Metal que eles vem executando nestes 5 anos de estrada. Já a Oculta é a atração mais nova do evento mas que traz em sua bagagem o peso de fazer Crossover Gothic, um estilo inovador na cidade influenciado por bandas consagradas no estilo como Lacrimas Profundere, The 69 Eyes, Tiamat e Poisonblack.

O quê: The Return of the Metalized Nights II
Quando: 09/12 | 17h
Onde: Botekim Tematic Bar (Av. João Durval, 2963 – Ponto Central)
Quanto: R$ 15 (ingressos na portaria do evento)

Padrão

Senzalada segue firme e forte pra sua 8ª edição

“Começamos com as próprias pernas, e mesmo que estivéssemos amputados, não perderíamos o sonho de ser velocistas.”

Realizada desde 2001 pelo Coletivo Senzala, a Senzalada pode ser inserida no calendário anual de eventos culturais mais importantes de Feira de Santana. A programação de 2012 acontece de 27 a 30 novembro e inclui oficinas, dança, música, teatro e cinema. A edição deste ano tem o tom especial de ser um retorno às origens, pois, assim como no primeiro ano de Senzalada, o festival está sendo feito de forma totalmente independente e promete manter a sua tradição de ser um espaço difusor de arte e cultura. Confira a programação completa:

27/11 (terça)

8h – Abertura – “Senzalagem arte contemporânea”
Debate – ” Senzala, o recomeço: por quê?”
14h – Tarde de oficinas: Reciclagem (Gia), Poesia (Diabo A4 Editora) e Chacartes (Chacal)

Noite
18h – Cine-Senzala com o documentário “O Veneno Está na Mesa”
20h – Sarau Lírico
Tony Maro e os Cabeças de Saco
Folha Verde
Pisa no Movimento
Forró do Cháxo

28/11 (quarta)
8h – Arte Contemporânea
10h – Esteira Redonda: Debate à questão canábica
14h – Tarde de Oficinas: Agroecologia (Gia), Artes Macrocósmicas (Jeykson), Forno a lenha (Jorge Rasta) e Teatro (Marcelo Silva)

Noite
18h – Cine-Senzala : Panteras Negras
Teatro: Anastácias
20h – Trio Bolodório
Salmo XX
Magdalene and the Rock and Roll Explosion
Jam Session

29/11 (quinta)
8h – Arte Contemporânea
10h – Esteira Redonda: “Nennuefs Debate”
14h – Tarde de Oficinas: Slackline (Léo Pit, Lerau, Tito), Percussão (Bel, Band e Jorge R) e Teatro (Marcelo Silva)

Noite
18h – Cine-Senzala: ROCKERS
20h – C9
Tangerina Jones
The Dons
Roça Sound

30/11 (sexta)
8h – Arte Contemporânea
10h – Esteira Redonda: Literatura marginal e música para os compositores da Terra de Lucas
14h – Tarde de Oficinas: Pulveografia, Audição de Discos e Dança-Afro (Jefferson Akenaton)

Noite
18h – Cine-Senzala convida : O diretor Chico Oliveira (A Vingança de um Motoboy)
20h – Dança: Teatro Senzala, Soprocos (Contemporânea), Trupe Mandhala (Tribal-Contemporânea), Hunter Crew (Street Dance).
Música:
Uyatá Rayra e a Ira de Rá
Zelvis
Filhos de Seu Zeh
Banda da Senzala
DJs: Don Maths, Don Guto, Hanuman, Seth e Orbital.

O quê: Senzalada
Quando: de 27 a 30/11
Onde: UEFS
Quanto: entrada franca

 

 

Padrão

A 4ª edição do Feira Noise começa neste sábado

A banda Escola Pública se apresenta no primeiro dia de Feira Noise

Um dos maiores festivais de música independente e arte integrada do interior baiano vai ter o seu evento de abertura neste sábado (27/10), a partir das 20h30, no Botekim Tematic Bar. Haverá  uma mesa de abertura em que o Feira Coletivo vai expor para a imprensa e para o público como é o processo de construção do Feira Noise e qual o seu objetivo. Na sequência, a noite vai ser animada pelas bandas Tabuleiro Musiquim (SSA), Uyatã Rayra & A Ira de Rá (FSA), Cabruêra (Campina Grande – PB), Calafrio (FSA) e Escola Pública (Cachoeira). A presença da Banquinha também está confirmada, agradando a quem se interessa pela produção artística independente de todo Brasil.

A banda soteropolitana Tabuleiro Musiquim mistura elementos do Rock, Funk e ritmos afro-brasileiros. O grupo lançou o seu primeiro EP em abril e já tem videoclipe lançado (veja aqui: http://youtu.be/LOlsWCYsfY4). Já a feirense Calafrio faz rock com letras bem trabalhadas e melodias fortemente influenciadas por bandas dos anos 90, é o tipo de som que sempre rende shows animados. O grupo tem um EP lançado – intitulado “Para Ambos os Lábios” – e público fiel que acompanha em coro sucessos como “A+B”, “Ácido” e “Valet”.

O grupo Uyatã Rayra & A Ira de Rá é mais que o um projeto musical, suas apresentações são um verdadeiro espetáculo incorporando elementos do teatro, artes plásticas e literatura. As referências musicais vão do afrobeat nigeriano à vanguarda paulista dos anos 80 com elementos regionais no caminho. Outra grande atração da noite é a banda Escola Pública, que ensina uma matemática diferente: some Samba de Roda, Samba Corrido, Bossa Nova, Partido Alto, Samba Rock e Samba Reggae e o resultado vai ser o Samba da Massa – o som que banda cachoeirana (com um pezinho em Feira) apresenta em seu primeiro CD, o “Socorro, meu Deus”.

A paraibana Cabruêra, do alto de seus 13 anos de estrada e 11 turnês pela Europa,  está em turnê de lançamento do seu quinto CD, Nordeste Oculto. A obra tem  direção artística do citarista-filósofo Alberto Marsicano – ex-discípulo de Ravi Shankar e introdutor da cítara no Brasil – e reflete as influências de grupo que vão de ritmos regionais como o coco e a ciranda, a sons urbanos como o rock e a música eletrônica.


saiba mais sobre as bandas:

Cabruêra (PB) – http://www.cabruera.com.br/
Uyatã Rayra e a Ira de Rá (FSA) – http://soundcloud.com/uyata-iradera
Calafrio (FSA) – http://calafrio.tnb.art.br/
Tabuleiro Musiquim (SSA) – http://tabuleiromusiquim.tumblr.com/
Escola Pública (Cachoeira-BA) –http://soundcloud.com/bandaescolapublica

Ainda não viu a programação completa do Feira Noise? Clica aí -> http://migre.me/bclXn

Serviço:

O quê – Feira Noise festival – Abertura

Quando – 27 de outubro

Onde – Botekim Tematic Bar (Av. João Durval, 2963 – Ponto Central)

Valor – R$ 15 – Ingressos antecipados disponíveis nos balcões do Boulevard e Arnold Silva Plaza

Siga – @feiranoise
Curta – facebook.com/feiranoise

Padrão

Bandas performáticas animam Noite Fora do Eixo

Senhoras e senhores, o Feira Coletivo orgulhosamente apresenta a Noite Fora do Eixo, dia 1º de setembro (sábado), no Botekim, a partir das 21h. O evento vai mostrar que música é um espetáculo pra ouvir e ver com três bandas que se destacam por acrescentarem diversas linguagens artísticas aos seus shows: a Bandinha Di Dá Dó (Porto Alegre/RS), Capitão Cometo (Salvador) e Os Nó Cego (Feira de Santana).

O som festivo e dançante da Bandinha Di Dá Dó é feito por 4 atores/palhaços – Cotoco, Teimoso Teimosia, Horizonte e Zé Docinho – e já animou plateias em todo Brasil nestes 7 anos de estrada com sua mistura bem-humorada de rock e ritmos tradicionais. O forte apelo circense fez esses gaúchos criarem seu próprio estilo musical, o clown music, que promete render momentos divertidos para a noite.

E se a regra é divertir, a Capitão Cometo vai seguir à risca. A banda, cujo nome completo é Capitão Cometo e os Formidáveis Ladrões de Parafina da Terra do Nunca Extreme, aposta na irreverência que vai do figurino às letras. O rock aparentemente descompromissado do grupo já rendeu 2 clipes que fazem sucesso pela criatividade e qualidade (um deles tem mais de 30.000 views no Youtube) e o EP “The Colesterol Sessions”.

Quando elementos como flauta, metalofone e percussão encontram guitarra, baixo e bateria, o resultado é rock com originalidade e regionalismo. Assim é a banda Os Nó Cego, liderada pelo artista plástico e tatuador Márcio Punk e já conhecida do público feirense por transformar as suas apresentações em uma animada e interessante surpresa.

A Banquinha Fora do Eixo também tem presença garantida no evento, passe lá e confira o que os artistas independentes de todo Brasil estão produzindo.

Você vai, né? Então clique aqui e confirme sua presença! 😉

 

Serviço

O quê: Noite Fora do Eixo

Quando: 01 de setembro | 21h

Onde: Botekim Tematic Bar (Av. João Durval, 2963 – Ponto Central)

Quanto: R$10 (ingressos na portaria do evento)

 

 

Padrão

4ª Edição do Encontro de Compositores nesta Quinta


O Encontro de Compositores de Feira de Santana chega dia 2 de Agosto à sua 4ª edição em 2012, sempre seguindo o objetivo principal do projeto que é divulgar e valorizar a boa música com foco na produção autoral feirense, mas sem deixar de estabelecer conexões com outros compositores e cidades da Bahia.

O formato do evento tem sido um grande sucesso e cada edição tem se tornado inesquecível. O Encontro é uma ocasião ímpar para que os apaixonados pela música tenham oportunidade de ouvir e conhecer belas ca

nções e ter um contato mais próximo com a forma de compor de cada artista envolvido no projeto.

Em cada edição do evento, contamos com a presença dos compositores anfitriões Timbaúba, Paulo Costa, Marcel Torres e Rafael Damasceno, sempre na companhia de dois convidados, que na edição de agosto serão Leno Peixoto – um dos principais artistas de Feira de Santana com mais de 20 anos de carreira e uma obra primorosa como bagagem – e Giovani Cidreira – vocalista e um dos principais compositores da banda soteropolitana Velotroz, que recentemente lançou o EP “Banda do Futuro Apresenta: Espelho de Sharmene”.

Está 4ª edição contará com a transmissão ao vivo da rádio Viva Feira www.vivafeira.com.br

Serviço:

Local: Antiquário Pub
horario: 20:00h

Valor: R$ 10,00

Lista Amiga: R$ 5,00