Página 1
Padrão

A Programação do Feira Noise voltou com tudo no Amélio Amorim


Depois do sucesso da noite de abertura no Botekim, o Feira Noise segue movimentando a cena cultural feirense até o final da semana (03/11). Dessa vez as atividades estão acontecendo no Amélio Amorim e incluem shows musicais, apresentações de dança, mesas-redondas, exposição fotográfica e muito mais. A exposição foi aberta ontem junto com o primeiro debate da programação, nele foram discutidos os caminhos do cinema independente na região. Veja a programação pros próximos dias.

01/11 |19h | Entrada franca – “A (In)visibilidade das Políticas Públicas para Cultura em Feira de Santana”

Compondo a mesa: Fabrício Mota (músico e Mestre em Estudos Étnicos e Africanos pela UFBA),  Diego Carvalho (integrante do Feira Coletivo Cultural/PCULT-FSA, Mestre em História pela UEFS e pesquisador de História e Memória das Esquerdas e Lutas Sociais) e Jhonatas Monteiro (Mestre em História pela UEFS e professor da rede estadual de ensino). Na mesma noite o grupo de dança Sóprocos fará uma apresentação.

Grupo Sóprocos

SHOWS NA ARENA DO AMÉLIO AMORIM

A diversidade de ritmos e linguagens artísticas faz do festival um marco cultural em Feira de Santana, esta 4ª edição vem para reafirmar essa importância. Nos dias 02 e 03 de novembro, 14 bandas, apresentações de dança  e artes visuais vão sacudir o Amélio Amorim com cultura independente.

Coscarque

02/11 |15h30 | R$ 15 (ingressos antecipados)
Vai ter hip hop vindo de Salvador com Coscarque. E durante o som, o público vai presenciar o trabalho do artista visual Ailson Rolemberg sendo executado ao vivo em uma intervenção de grafite. O Sertanília, grupo soteropolitano fortemente influenciado pelas manifestações culturais do sertão, vem mostrar o show baseado no álbum recém-lançado, assim como o cantor e compositor feirense Rafael Damasceno, que também lançou um novo CD.
O público pode se preparar pra dançar ao som afro regional beat da Trompas de Falópio (Camaçari), ou soltar os bichos ao som dos acordes de stoner rock da cearense Full Time Rockers e da nossa conterrânea Magdalene and the Rock and Roll Explosion. Também vai ter No Off com seu hardcore melódico e a queridíssima Scambo, que promete novidades no show inspirado em seu mais recente lançamento, o disco “Flare”.
A arte será ainda representada pela dança, que ficará a cargo dos grupos Hunters Crew, Trupe Mandhala e Kiken-sei.

Andranjos

03/11 |16h | R$ 15 (ingressos antecipados)
Escolhidos através da seleção pelo TNB, os rapazes da Andranjos vêm de Petrolina fazer rock alternativo na terra de Lucas, já o Igor Gnomo Group (Paulo Afonso – BA) vai ser um oásis musical pra quem curte jazz/rock instrumental feito com virtuosidade. A Heróis de Aluguel tem disco novo e público cativo na cidade, o que gera expectativa de um grande show.
No mesmo dia, a Clube de Patifes  vai apresentar o seu elogiado show acústico, quem também  vem arrancando elogios por ai é a Tangerina Jones. Pra fechar a leva de bandas feirenses, a SteelTrigger já afinou o seu heavy metal e promete bons momentos pros headbangers de plantão.
A Cascadura, uma das mais importantes bandas de rock da Bahia, teve o seu último CD – Aleluia – indicado ao VMB 2012 na categoria de melhor álbum, prova de que um grande show está prestes a acontecer.
A Academia Arte de Dançar e o grupo Blood Brothers apresentarão ao público a sua poesia expressada na linguagem do corpo.

Academia Arte de Dançar

A Banquinha Fora do Eixo estará presente nos dois dias de show na arena repleta de novidades produzidas por artistas independentes de todo Brasil. O evento é uma  realização do Feira Coletivo Cultural, que integra o Circuito Fora do Eixo, e faz parte do Circuito Nordeste de Festivais e da Rede Brasil de Festivais Independentes.

Padrão

E começou o Feira Noise 2012

Animação e descontração na noite de abertura da 4ª edição do Feira Noise Festival
Foto: Guilherme Adriani

Por Fernanda Rocha

Cobertura Colaborativa- Feira Noise 2012

 

Música independente, galera alto astral e local agradável rechearam a abertura da 4ª edição do Feira Noise Festival neste sábado, 27/10. Este ano, a primeira noite do evento  foi realizada  no Botekim Tematic Bar marcada por muita diversão, apresentações  musicais  e  pela  plateia que interagiu do inicio ao fim.

Entre um intervalo e outro o público pode circular, bater um papo com os amigos e curtir as novidades do local, como a  Banquinha Fora do eixo e seus suvenirs variados.  Os shows vararam a madrugada do domingo e reafirmaram o potencial da cultura independente na cidade. O Festival retoma suas atividades na quarta-feira, 31/10 e segue até o sábado, dia 03/11.

Os shows

Uyatã Rayra e o Zé Gotinha – Fotografia: Ed Machado

 

Cada uma com seu estilo as bandas que participaram da noite de abertura do Feira Noise 2012, fez o público vibrar e curtir cada show! A primeira a se apresentar foi a banda feirense Uyatã Rayra e a Ira de Rá, com muita performance e o gingado afrobeat a banda animou a festa e fez a galera feirense vibrar com a música Fêra. Em seguida o rock ‘n roll da Banda Calafrio, tomou conta do Festival e botou todo mundo pra cantar e pular ao som de músicas consagradas pelos fãs como, Ácido.

 

Banda Calafrio

Tabuleiro Musiquim botou a galera pra dançar

 

Logo após a Banda soteropolitana, Tabuleiro Musiquim invadiu o espaço trazendo uma mistura de funk, rock e ritmos afro-brasileiros para agitar o palco do festival.  E chegando no sapatinho  a suingueira da banda Escola Pública trouxe, como eles mesmo intitulam, o samba de massa que faz referências ao samba de roda caraterístico da suas raízes, o Recôncavo da Bahia.

 

Banda Escola Pública

 

Cabruêra – Performance de Carcará para encerrar anoite – Fotografia: Pedro Henrique

 

Finalizando a noite do festival no maior estilo, a atração mais esperada da noite, a Cabruêra, banda paraíbana que tem mais de 10 anos de carreira e está rodando o Brasil, veio encerrar a turnê no nosso Festival.

No show de ontem a Cabruêra botou a galera para xotear, cirandar, embolar e vibrar com as peripécias do “vocalista voador” em sua performance nas alturas que surpreendeu o público. Cantando hits consagrados como: É proibido cochilar, Doce de coco e até Escravos de Jô, a banda animou e deixou um gostinho de quero mais e expectativas para os próximos dias do festival.

 

Fotografia: Guilherme Andriani

 

O festival continua

Nesta próxima semana, o Feira Noise muda o eixo para o Centro de Cultura Amélio Amorim e segue com a programação voltada para arte integrada com apresentação de grupos de dança, mesas que discutirão o cinema e o campo cultural feirense e também exposição fotográfica sobre Feira de Santana, oficina de discotecagem e intervenção de Grafite. Mais shows compõem os últimos dias do evento, com bandas e artísticas conhecidas no cenário alternativo, como Scambo, Cascadura e Clube de Patifes. O Feira Noise é uma evento realizado pelo Feira Coletivo Cultural, integrado ao Circuito Fora do Eixo, e faz parte do Circuito Nordeste de Festivais e da Rede Brasil de Festivais Independentes.

Confira a programação dos outros dias no site do Festival.

 

Padrão

A 4ª edição do Feira Noise começa neste sábado

A banda Escola Pública se apresenta no primeiro dia de Feira Noise

Um dos maiores festivais de música independente e arte integrada do interior baiano vai ter o seu evento de abertura neste sábado (27/10), a partir das 20h30, no Botekim Tematic Bar. Haverá  uma mesa de abertura em que o Feira Coletivo vai expor para a imprensa e para o público como é o processo de construção do Feira Noise e qual o seu objetivo. Na sequência, a noite vai ser animada pelas bandas Tabuleiro Musiquim (SSA), Uyatã Rayra & A Ira de Rá (FSA), Cabruêra (Campina Grande – PB), Calafrio (FSA) e Escola Pública (Cachoeira). A presença da Banquinha também está confirmada, agradando a quem se interessa pela produção artística independente de todo Brasil.

A banda soteropolitana Tabuleiro Musiquim mistura elementos do Rock, Funk e ritmos afro-brasileiros. O grupo lançou o seu primeiro EP em abril e já tem videoclipe lançado (veja aqui: http://youtu.be/LOlsWCYsfY4). Já a feirense Calafrio faz rock com letras bem trabalhadas e melodias fortemente influenciadas por bandas dos anos 90, é o tipo de som que sempre rende shows animados. O grupo tem um EP lançado – intitulado “Para Ambos os Lábios” – e público fiel que acompanha em coro sucessos como “A+B”, “Ácido” e “Valet”.

O grupo Uyatã Rayra & A Ira de Rá é mais que o um projeto musical, suas apresentações são um verdadeiro espetáculo incorporando elementos do teatro, artes plásticas e literatura. As referências musicais vão do afrobeat nigeriano à vanguarda paulista dos anos 80 com elementos regionais no caminho. Outra grande atração da noite é a banda Escola Pública, que ensina uma matemática diferente: some Samba de Roda, Samba Corrido, Bossa Nova, Partido Alto, Samba Rock e Samba Reggae e o resultado vai ser o Samba da Massa – o som que banda cachoeirana (com um pezinho em Feira) apresenta em seu primeiro CD, o “Socorro, meu Deus”.

A paraibana Cabruêra, do alto de seus 13 anos de estrada e 11 turnês pela Europa,  está em turnê de lançamento do seu quinto CD, Nordeste Oculto. A obra tem  direção artística do citarista-filósofo Alberto Marsicano – ex-discípulo de Ravi Shankar e introdutor da cítara no Brasil – e reflete as influências de grupo que vão de ritmos regionais como o coco e a ciranda, a sons urbanos como o rock e a música eletrônica.


saiba mais sobre as bandas:

Cabruêra (PB) – http://www.cabruera.com.br/
Uyatã Rayra e a Ira de Rá (FSA) – http://soundcloud.com/uyata-iradera
Calafrio (FSA) – http://calafrio.tnb.art.br/
Tabuleiro Musiquim (SSA) – http://tabuleiromusiquim.tumblr.com/
Escola Pública (Cachoeira-BA) –http://soundcloud.com/bandaescolapublica

Ainda não viu a programação completa do Feira Noise? Clica aí -> http://migre.me/bclXn

Serviço:

O quê – Feira Noise festival – Abertura

Quando – 27 de outubro

Onde – Botekim Tematic Bar (Av. João Durval, 2963 – Ponto Central)

Valor – R$ 15 – Ingressos antecipados disponíveis nos balcões do Boulevard e Arnold Silva Plaza

Siga – @feiranoise
Curta – facebook.com/feiranoise

Padrão

Feira Noise abre inscrições para oficina de discotecagem

Oficina de discotecagem com DJ Jarrão

Fruto da parceria entre o Feira Coletivo e o Boom Clap Rec, a oficina de discotecagem será gratuita e acontecerá dia 01/11, no Amélio Amorim. A atividade é parte da programação do Feira Noise, terá carga horária de 6h e será ministrada pelo DJ e Arte-Educador Eder Moreira Souza, o DJ Jarrão. As inscrições vão até o dia 28/10, para participar, preencha o formulário disponível neste link: http://migre.me/bchmo

Sobre o DJ Jarrão – Iniciou nas pick-ups em 2000, tendo  como herança toda influência de boa música vinda dos pais, que colecionavam vinis de MPB. Participou de projetos de Rap como M.U.E, H.U.N, Versu2 e Eleitos do Gueto,  grupo do qual faz parte junto com o Mc Lord, e é destaque na Bahia como DJ de grupo e em Bailes Black.

Oficina de discotecagem:

Data: 01/11

Horário: das 9h às 12h e das14h às 17h

Local: Centro de Cultura Amélio Amorim

Quantidade de vagas: 15

Inscrições: http://migre.me/bchmo (até 28/10)

 

Ainda não viu a programação completa do Feira Noise?

Clica aí -> http://migre.me/bclXn

Padrão

Abertas as inscrições para a cobertura colaborativa do Feira Noise 2012

O Feira Noise abre as portas para pessoas de qualquer idade e formação que queiram se juntar para registrar e divulgar o Festival em vários segmentos de mídia através da COBERTURA COLABORATIVA.

Esta ferramenta utiliza o conceito de mídia livre, colaborativismo e empirismo e foi desenvolvido pelo Fora do Eixo desde o seu III Congresso (2010), unindo a importância do registro a potencialização das ações, servindo para comunicar os festivais de forma simples, direta e participativa para toda a sociedade, além de servir de portfólio para captação de recursos em futuras edições.

As inscrições vão do dia 16 até o dia 22 de outubro. Os inscritos receberão um e-mail de confirmação, onde haverá data marcando a reunião para o credenciamento e esclarecimentos sobre o evento.

Para participar, basta preencher o formulário (http://migre.me/baVdl) e selecionar o segmento (Redação, Fotografia, Assessoria de Imprensa, Audiovisual ou Mídias Sociais) que deseja atuar no Feira Noise Festival.

Participe – Feira Noise Festival 2012 – http://www.facebook.com/feiranoise

Atração confirmada no Feira Noise
Padrão

Confira a programação do Feira Noise 2012

 

Atração confirmada no Feira Noise

Cabruêra (PB) – Atração confirmada no Feira Noise

A 4ª edição do Feira Noise acontece entre os dias 27/10 e 03/11, com abertura no Botekim e demais atividades no Centro de Cultura Amélio Amorim. Serão 3 dias de shows com 20 bandas independes e arte integrada, os ingressos para essas datas estarão disponíveis a partir do dia 15/10, nos balcões dos shoppings Boulevard e Arnold Silva Plaza e custarão R$ 15. A programação também inclui dois dias de atividades gratuitas no foyer do Amélio Amorim, onde haverá mesas em que a cultura será colocada em debate, oficinas, exposições e apresentações de dança.

Dia 27 de Outubro
Abertura Feira Noise  – Local: Botekim
Ingressos Antecipados – R$ 15,00

20:30h – Mesa de Abertura
Uyatã Rayra e a Ira de Rá (FSA) – http://soundcloud.com/uyata-iradera
Calafrio (FSA) – http://calafrio.tnb.art.br/
Tabuleiro Musiquim (SSA) – http://tabuleiromusiquim.tumblr.com/
Escola Pública (Cachoeira-BA) – http://soundcloud.com/bandaescolapublica
Cabruêra (PB) – http://www.cabruera.com.br/

Dia 31 de Outubro
Local: Foyer Amélio Amorim
Entrada Franca

– Exposição Fotográfica (de 31/10 a 02/11) – Tema: Patrimônio Material e Imaterial de Feira de Santana
– 19:00h – Mesa Redonda – Cinema Independente em Feira de Santana –  Pensando Políticas Públicas, vencendo barreiras para captação de recursos, produção e difusão.
– Dança –  Trupe Mandhala (FSA) – http://trupemandhala.blogspot.com.br/
– Dança – Carmen Silva (FSA)

Dia 01 de Novembro
Local: Foyer Amélio Amorim
Entrada Franca

– Oficina de Discotecagem  – DJ Jarrão (SSA) – Carga Horária de 6 Horas (Manhã e Tarde)
– Exposição Fotográfica – Patrimônio Material e Imaterial de Feira de Santana.
– 19:00h – Mesa Redonda – A (In)visibilidade das Políticas Públicas para Cultura em Feira de Santana
– Dança – Grupo Sóprocos

Dia 02 de Novembro
Local: Arena do  Amélio Amorim
Ingressos Antecipados – R$ 15,00

15:30h – No OFF (FSA) – http://tnb.art.br/rede/bandanooff
Coscarque  & Parto Natural (SSA) – http://migre.me/b6Kv9
Magdalene and the Rock and Roll Explosion (FSA) – http://magdalene.tnb.art.br/
Full Time Rockers (CE) – http://www.rockersclub.com.br
Rafael Damasceno (FSA) – http://rdamasceno.com.br/
Dança – Grupo Kiken-sei (FSA) – http://www.facebook.com/GrupoKikenSei
Dança – Grupo Hunters Crew (FSA) – http://migre.me/b6KgQ
Trompas de Falópio (Camaçari-BA) – http://migre.me/b6Kc5
Sertanília (SSA) – http://www.sertanilia.com.br/
Scambo  (SSA) – http://migre.me/aZS4f

Dia 03 de Novembro
Local: Arena do  Amélio Amorim
Ingressos Antecipados – R$ 15,00

Intervenção de Grafite com Ailson Rolemberg –  http://www.flickr.com/photos/ailsonrolemberg/

16:00h – Andranjos (PE) – http://www.andranjos.com/
Heróis de Aluguel (FSA) – http://www.heroisdealuguel.com.br/
Steeltrigger (FSA) – http://tnb.art.br/rede/steeltrigger
Igor Gnomo Group (Paulo Afonso/BA) – http://tnb.art.br/rede/igorgnomo
Tangerina Jones (FSA) – http://tnb.art.br/rede/tangerinajones
Dança – Academia Arte de Dançar (FSA)
Dança – Grupo Blood Brothers
Clube de Patifes  (FSA) – http://www.clubedepatifes.com.br/
Cascadura – (SSA) – http://www.portalcascadura.net/

Serviço
O quê: Feira Noise Festival
Quando: de 27/10 a 03/11
Informações: comunica@feiracoletivo.com.br
Twitter: @feiranoise
Facebook: facebook.com/feiranoise

Padrão

Feira Noise Festival está de volta

Promovido desde 2009 pelo Feira Coletivo Cultural junto ao Circuito Fora do Eixo, o Feira Noise Festival faz parte de Rede Brasil de Festivais e tem reunido os segmentos da cultura alternativa e se tornado uma tradição no município, chegando a sua quarta edição em 2012. O evento está marcado para acontecer entre os dias 27 de outubro e 03 de novembro, novamente no Centro de Cultura Amélio Amorim, e vai contar com shows de música, apresentações de dança, debates e exposições de artes visuais.

Quem comparecer a este Feira Noise notará, sem dúvida, aquela que é a grande marca do festival: o crescimento apresentado ano a ano, no sentido de contemplar várias manifestações artísticas e oferecer um número maior de atividades culturais à comunidade. Nas três edições ocorridas até aqui, tivemos a presença de cerca de 70 bandas e um total de mais de 100 artistas, sejam de teatro, fotografia ou artes plásticas, dentre outros campos. Além disso, foram disponibilizados cursos de formação, oficinas, palestras e mostras cinematográficas, sempre visando a participação do público local em debates sobre questões importantes para a sociedade.

Novidades

 Como é de se esperar, a próxima edição do Feira Noise vai manter o ritmo quanto às atrações musicais. Serão três dias de shows com bandas independentes, seguindo a mistura de grupos locais com nomes vindos de outras cidades da Bahia e outros estados do país. A Mostra de Artes Integradas, incluindo fotografia, audiovisual e dança, também fará parte da grade, a fim de formar um público constante para essas linguagens em Feira de Santana.

O Feira Noise 2012 também colocará em pauta temas importantes como políticas públicas culturais e produção cinematográfica independente, esses assuntos serão discutidos nas mesas compostas por convidados que vêm se destacando pela atuação nessas áreas. E além de tudo isso, durante todo o evento, as já conhecidas feiras e banquinhas ficarão responsáveis por divulgar e comercializar os produtos culturais manufaturados que são produzidos por artistas do cenário independente nacional. Qualquer produtor atuante interessado em montar seu espaço de vendas poderá fazê-lo mediante inscrição.

Por Ana Clara Teixeira      

Padrão

Mês do rock é celebrado com Fervura Feira Noise especial

Banda Calistoga (RN)

Para comemorar o Dia Mundial do Rock – em  julho – o Feira Coletivo vai realizar dois eventos especiais com bandas do cenário independente nacional. O primeiro deles acontece dia 1º de julho, às 18h, no Botekim, com as bandas Calistoga (RN), Bestiário (SSA) e Gaiola de Vidro (FSA).

“Uma banda de muito peso” – assim o blog do Multishow se referiu à Calistoga quando a incluiu na lista de apostas do ano. Apesar de já ter 8 anos de carreira, o grupo vem recebendo destaque desde o final do ano passado com o lançamento de seu último álbum, o Time and Understanding. O som feito pela banda potiguar, classificado por eles mesmos como experimental/post-hardcore, é ousado e raivoso, tudo como manda a cartilha do rock. Veja o videoclipe que eles acabaram de lançar:

A Bestiário já nasceu cheia de peso tanto pelas músicas, quanto pelos membros da banda, que já fizeram parte da Úteros em Fúria, Sangria e Veuliah, 3 bandas seminais da cena soteropolitana. O resultado dessa união é brutalidade expressa aos berros e em bom português no álbum homônimo e lançado virtualmente pela banda com produção impecável.

<a href="http://www.youtube.com/watch?v=AnmdNCEykgE&list=UUzFOhf4mDMT1DBxrGubXdsA&index=2&feature=plcp">http://www.youtube.com/watch?v=AnmdNCEykgE&list=UUzFOhf4mDMT1DBxrGubXdsA&index=2&feature=plcp</a>

A Gaiola de Vidro é feirense e tem fortes influências do rock nacional da década de 80 e início dos anos 90, prometendo fazer da noite ainda mais interessante.

E para conhecer mais do que está sendo produzido por artistas independentes de todo Brasil, o Feira Coletivo também convida o público a passar na Banquinha Fora do Eixo e conferir o catálogo diversificado e atualizado da Distro.

Serviço

O quê: Fervura Feira Noise

Quando: 01 de julho | 18h

Onde: Botekim Tematic Bar (Av. João Durval, 2963 – Ponto Central)

Quanto: R$10 – Ingressos no local