Página 1
Padrão

Bailarinos se reúnem para celebrar a Dança

Durante o mês de abril comemoramos o mês da dança, e o dia 29/04 é o Dia Internacional da Dança, data instituída pelo Comitê Internacional da Dança da UNESCO em 1982. Este dia foi escolhido em homenagem ao nascimento de Jean-Georges Noverre, o criador do Balé Moderno.

Mostra Casa Aberta – Festival Vivadança – Lyara Brito apresenta o Charleston Fusion | Fotografia João Meireles

Durante este mês ocorreu em todo o mundo eventos para celebrar essa arte tão peculiar.

Em Salvador aconteceu o Festival Internacional Vivadança, que segue agora durante o mês de maio para outras cidades. Dentre as atividades do Festival, aconteceu a Mostra Casa Aberta no Teatro Vila Velha onde a Trupe Mandhala foi selecionada para apresentar o solo intitulado Charleston Fusion, aprovado pelo público e pela crítica.

     

Aconteceu também o Abriu Dança na Bahia, projeto idealizado por Anderson Rodrigo com coordenação de Bruno de Jesus, que foi realizado em Salvador, Camaçari, Lauro de Freitas, Valença, Juazeiro e Feira de Santana oferecendo oficinas gratuitas, diálogos e apresentações. Na etapa de Feira, no dia 28/04, se apresentaram os Grupos Hunters Crew, Trupe Mandhala, Academia Arte de Dançar e Sidinha Damasceno, além de Lukas de Jesus, Inah Irenam e Bruno de Jesus, integrantes da produção do evento.

    

Ainda em Feira, no dia 29/04 houve a inauguração do Espaço de Dança Odara Akenaton,  onde será ministrado aulas regulares de Dança do Ventre, Condicionamento  Físico e Cinesiologia com professores diversos, além de ser o novo espaço de ensaio da Trupe Mandhala. 

E finalizando as ações, no dia 1º de maio a Trupe Mandhala, o grupo Kiken-Sei, Hunters Crew e Academia Arte de Dançar se uniram para realizar uma intervenção urbana na Avenida Getúlio Vargas em comemoração à dança, abrindo uma nova etapa de atividades do Projeto Impulso, proposta idealizada pela Trupe Mandhala que mostra como a dança pode interagir e dialogar com diversas formas de expressão artística. 

O resultado desta intervenção será apresentado em um vídeo que será lançado em breve.

Aguardem pessoal!!!

Padrão

Confirmada participação da Trupe Mandhala no Abriu Dança na Bahia


 

Chega a Feira de Santana mais uma vez o projeto AbriU Dança na Bahia, que promove conexões entre as diversas manifestações da dança. O Abriu Dança na Bahia propõe ações que potencializam e valorizam os Grupos, Companhias e Profissionais da dança baiana, com diálogos e conexões de fazeres artísticos diversos.

Além das apresentações no palco, serão realizadas oficinas, diálogos entre artistas, técnicos, produtores e profissionais da dança. O objetivo é abrir novas possibilidades de intercâmbios e fusão, criando diálogos com profissionais de diferentes experiências artísticas.

O festival ocorre simultaneamente nas cidades de Salvador, Lauro de Freitas, Valença, Juazeiro, Camaçari e Feira de Santana, sendo parte das celebrações do Dia Internacional da Dança (29/04).

O objetivo é abrir novas possibilidades de intercâmbios e fusão, criando diálogos com profissionais de diferentes experiências artísticas. O Abriu Dança na Bahia propõe ações que potencializam e valorizam os Grupos, Companhias e Profissionais da dança baiana, com diálogos e conexões de fazeres artísticos diversos.

 

A programação das apresentações em Feira de Santana vai contar com a participação da Trupe Mandhala, Grupo Hunters Crew, Academia Arte de Dançar, Sidileila Damasceno entre outros.

 

Local: Auditório do SEST SENAT

Dia:  28 de abril de 2012

Horário: 19:00h

Valor: R$ 4,00 (inteira) e R$ 2,00 (meia)

Padrão

Mês da Mulher no Espaço Dharma de Luz

Mensagem para a mulherada.
Neste mês de março, para comemorar o Dia da Mulher, o Espaço Dharma de Luz promoverá várias atividades para enaltecer a nossa feminilidade.
Acontecerão aulas gratuitas de Karatê, Yoga e Pompoarismo e Strip Dance.
Dêem uma olhada na programação completo no cartaz.
E para finalizar a programação, no dia 31 acontecerá o Dia Dharma, com Gourmet Natural, Palestras, Apresentações de Dança (Trupe Mandhala, entre outras bailarinas), Sex Shop e Bazar.
E ainda terá os stands da APA – Associação Protetora dos Animais, Leidi Kitai Ateliê, Funny Bolsas e Acessórios e muitos outros stands super bacanas.
Para participar de todas estas atividades, basta levar em cada uma 1 kg de alimento não perecível ou produtos de higiene pessoal para mamães e bebês, que serão doados para instituições beneficentes.
Mas antes é preciso confirmar a presença através do e-mail dharmadeluzba@gmail.com
Super acessível e muuitoo legal. Não dá pra perder.
Aproveite e confirme a sua presença no evento do face também – http://www.facebook.com/events/403400549675476/
Quero ver todo mundo lá hein \o/
Padrão

Coletivo Inovacine Apresenta o Pré-Corujão – 16/12

Pensando em promover um evento de cinema diferente em Feira de Santana, o Coletivo Inovacine idealizou o Corujão Inovacine, evento gratuito, a ser realizado em 2012. Esse evento consiste em uma mostra ininterrupta de diversos filmes que se iniciará na noite de um dia e se estenderá até o amanhecer do dia seguinte, com pequenos intervalos entre o término de uma película e o começo da outra. Além dos filmes propriamente ditos, pensamos em compor a programação com apresentações culturais que expressem as mais diversas manifestações artísticas, como teatro, poesia, música e dança.

Os “Corujões”, “Maratonas” ou quaisquer outras nomenclaturas, são atividades de cinema recorrentes em grandes centros urbanos de todo o país. Acreditando que Feira, pela sua importância no cenário sócio-cultural Norte-Nordeste, tem potencial para a realização de um evento dessa natureza, resolvemos, com essa iniciativa, consolidar a prática de grandes eventos como este.

Para encerrar as atividades do Inovacine em 2011, e como uma prévia do que virá em 2012, iremos realizar o Pré-Corujão Inovacine, no dia 16 de dezembro, sexta-feira, das 18:30 até as 23:30, no Museu de Arte Contemporânea – MAC. Na ocasião, serão exibidos 04 filmes, em duas sessões, que ocorrerão em salas diferentes simultaneamente, além das apresentações artísticas no intervalo entre os filmes. 


Veja a programação:

16 de dezembro, 2011

18:30
Abertura

19:00
1ª sessão
(Sala 1) Sala Olney São Paulo – L’Arnacoeur (França / Mônaco, 2010, Comédia Romântica, 105 min), de Pascal Chaumeil; 

(Sala 2) Sala Glauber Rocha – Deixa Ela Entrar (Lat Den Rätte Komma In, Suécia, 2008, Suspense, 115 min), de Tomas Alfredson.

21:00
Intervalo Cultural
Música, Dança e Teatro

21:45
2ª sessão
(Sala 1) Sala Olney São Paulo – Contracorrente (Contracorriente, Colômbia / França / Alemanha / Peru, 2009, Drama, 100 min), de Javier Fuentes-León;

(Sala 2) Sala Glauber Rocha – Marcas da Violência (A History of Violence, EUA, 2005, Drama, 96 min), de David Cronenberg.



Programem-se e convidem os amigos!


Local: Museu de Arte Contemporânea Raimundo de Oliveira – MAC
Contato: (75) 3223-7033 | 8109-0409 | 9189-9942

Capacidade da sala de exibição: 70 lugares

Realização: Coletivo Inovacine
Parceria: MAC
Apoio: UEFS – NIT-UEFS – ATRH

Informações: inovacine@gmail.com


http://www.uefs.br/portal/acontece/release-do-pre-corujao-inovacine

Padrão

Coletivo Inovacine Apresenta o Filme – A Moça com a Valise

Gênero: Drama
Duração: 114 mins
Class. Etária:

Direção
Valerio Zurlini

Elenco

Claudia Cardinale, Jacques Perrin, Luciana Angiolillo, Renato Baldini.

A bela e jovem mulher Aida Zepponi (Claudia Cardinale) se vê sozinha em Parma, após ser abandonada pelo amante, Marcello (Corrado Pani). Mesmo assim ela localiza o endereço dele. Marcello pede para Lorenzo (Jacques Perrin), seu irmão mais novo, que se livre dela, mas logo surge entre Aida e Lorenzo uma sólida amizad. Apesar dele ser mais novo, Lorenzo se apaixona por ela de tal maneira que faz tudo para agradá-la, inclusive lhe pagando coisas com um dinheiro que não é dele.


Dia, hora e preços

02/12 às 19:00
Gratuito

Onde

Museu de Arte Contemporânea Raimundo Oliveira (MAC)
Rua Geminiano Costa, 255 – Centro 

Contato

(75) 3223-7033 | 8109-0409 | 9189-9942

E-mail: inovacine@gmail.com
site:  inovacine.blogspot.com
Twitter: twitter.com/#!/inovacine

Padrão

Cinema Grátis! Inovacine Apresenta Filme “Flor do Deserto” na Abertura da Exposição “Violência contra a Mulher”

Violência contra a Mulher: uma Violência sem Fronteiras 






Acontecerá na próxima sexta-feira, dia 25 de novembro (Dia Internacional do Combate a Violência Contra a Mulher, a partir das 19 horas, no Museu de Arte Contemporânea – MAC, a abertura da exposição fotográfica itinerante de Gizelda Alves, intitulada “VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER: uma violência sem fronteiras”. De acordo com a pesquisa da fotógrafa, a violência contra a mulher é um fenômeno internacional que atinge as mulheres em todo o mundo, independente de classe social, raça, nível de conhecimento ou idade. Atualmente existem inúmeras pesquisas e programas nacionais e internacionais de apoio ao combate a essa problemática. Um dos dados mais alarmantes evidencia que a violência doméstica é a causa principal da morte de mulheres entre 16 e 44 anos, desse modo, matando mais do que o câncer e os acidentes de trânsito.

O objetivo deste trabalho é contribuir para o debate internacional sobre a violência contra a mulher. O deslocamento da exposição por diversas cidades do mundo, permite à fotógrafa/pesquisadora divulgar e fomentar o debate sobre o tema, tornando visíveis as marcas desse tipo de violência. A exposição conta com 21 fotografias p&b; e tem como pré-requisito não permitir a identificação da vítima, mesmo quando parte do rosto é fotografado.

Gizelda Alves é Mestre em Ciências Sociais, em Ciências da Comunicação e doutoranda em Teoria do Cinema pela Philipps Universität Marburg – Alemanha. Atualmente ocupa-se com o tema “Violência contra a mulher” tanto no âmbito da pesquisa científica, como da documentação fotográfica. Como fotógrafa elabora, há cerca de quinze anos, exposições coletivas e individuais, utilizando os formatos analógico e digital. Suas fotos são apresentadas sempre em p&b.;

Dentro da programação do evento, além da mostra fotográfica, haverá a projeção do filme austriáco “Flor do Deserto” da diretora Sherry Horman, às 18:30, palestra sobre o movimento de lutas das mulheres contra a violência com a Profa. Sônia Lima de Carvalho (DCHF/UEFS), Mestre em Educação Especial (CELAEE), Membro do Mulieribus – Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre a Mulher e exposição das artistas visuais feirenses: Maristela Ribeiro, Patrícia Martins, Leidi Velame, Léa Maria, Leide Kitai e Laís Oliver, numa sala especial, com obras sobre o mesmo tema.







Sobre o filme:

Flor do Deserto
Título original: (Desert Flower)
Lançamento: 2009 (Áustria, Alemanha, Reino Unido
Direção: Sherry Horman
Atores: Liya Kebede, Sally Hawkins, Craig Parkinson, Meera Syal.
Duração: 120 min
Gênero: Drama

Sinopse: Waris Dirie (Soraya Omar-Scego / Liya Kebede) nasceu em uma família de criadores de gado nômades, na Somália. Aos 13 anos, para fugir de um casamento arranjado, ela atravessou o deserto por dias até chegar em Mogadishu, capital do país. Seus parentes a enviaram para Londres, onde trabalhou como empregada na embaixada da Somália. Ela passa toda a adolescência sem ser alfabetizada. Quando vê a chance de retornar ao país, ela descobre que é ilegal da Somália e não tem mais para onde ir. Com a ajuda de Marylin (Sally Hawkins), uma descontraída vendedora, Waris consegue um abrigo. Ela passa a trabalhar em um restaurante fast food, onde é descoberta pelo famoso fotógrafo Terry Donaldson (Timothy Spall). Através da ambiciosa Lucinda (Juliet Stevenson), sua agente, Waris torna-se modelo. Só que, apesar da vida de sucesso, ela ainda sofre com as lembranças de um segredo de infância.

Fonte: adorocinema.com

Local: Museu de Arte Contemporânea Raimundo Oliveira – MAC
Contato: (75) 3223-7033 | 8109-0409 | 9189-9942

Capacidade da sala de exibição: 50 lugares

Realização: MAC
Apoio: Coletivo Inovacine

Maiores informações: inovacine@gmail.com




Coletivo Inovacine

Padrão

Coletivo Inovacine Apresenta Mostra Cinema e África: Rastros, Pegadas de Mulher

Projeto Sala de Cinema e Coletivo Inovacine apresentam:
Mostra Cinema & África

Rastros, Pegadas de Mulher
(
Traces, Empreintes De Femmes, Burkina Faso2003)









Ficha Técnica:Gênero: Documentário
Diretor: Katy Ndiaye
Duração: 53 min
Ano de Lançamento: 2003
País de Origem: Burkina Faso, França, Bélgica
Idioma do Áudio: Bambara, Francês

Sinopse: As pinturas murais das mulheres kassenas de Burkina Faso, perto da fronteira com Gana, são famosas
pela beleza do traçado e pela harmonia de cor. Interessada no assunto, Katy Léna Ndiaye escolhe
comparar tradição e modernidade, através do retrato de três anciãs e da “neta” que elas iniciam nas
técnicas ancestrais. Ela realiza um filme com maestria estética, verdadeiro retrato de uma
comunidade artística, por onde se discute a transmissão de ensinamentos, a educação e a memória
numa África em mutação.

Incluindo exibição de curtas dentro da Mostra InovaCurtas e apresentação de dança afro com Carmem Silva, com apoio do Feira Coletivo Cultural, compondo a programação do Feira Noise Festival. 


Dia, hora e preços

11/11, sexta-feira, a partir das 18:00 (com a exibição dos curtas da Mostra InovaCurtas,  e a apresentação de dança, antecedendo a sessão do filme).

Gratuito!



Onde

Museu de Arte Contemporânea Raimundo Oliveira (MAC)
Rua Geminiano Costa, 255 – Centro (Vizinho à Biblioteca Municipal – Próximo ao Feira Tênis Clube)

 

Contato

(75) 3223-7033 | 8109-0409 | 9189-9942



Veja a programação completa de cinema de Feira de Santana através do Clique Feira: http://www.cliquefeira.com/cinema/

Confira as novidades do Blog Inovacine: inovacine.blogspot.com
Padrão

Feira Noise – Mostra Inovacurtas

Dias 09 e 11 de novembro de 2011
Local: Museu de Arte Contemporânea Raimundo de Oliveira – MAC

PROGRAMAÇÃO

Dia 09 de novembro


18:30 – Abertura Oficial

Exibição

Programa 1: Curtas Selecionados

Extrative! (Cachoeira/Bahia, 6’, 2011), de Alene Lins

O Homem que Laçou o Avião (Santa Maria/Rio Grande do Sul, 10’, 2010), de Ian Ruschel e Rafael Ferretti

O Jantar (Salvador/Bahia, 5’, 2011), de Juca Badaró

Passageira (Seabra/Bahia, 5’, 2011, ), de Sophia Mídian

Síndrome de Mim (Salvador/Bahia, 10’, 2011) de Juca Badaró


19:30 – Apresentação: The Dons (DJ’s)

Obs.: Após a exibição dos curtas e apresentação de The Dons, a partir das 20:00, acontecerá mais uma edição do Quartas de Jazz do MAC

Dia 11 de novembro


18:00 – Exibição

Programa 2: Curtas Convidados
Na Terra do Sol (Bahia, 13’, 2005), de Lula Oliveira

Caçadores de Saci (Bahia, 13’, 2006), de Sofia Federico

Vermelho Rubro (Bahia, 18’, 2005), de Sofia Federico
Rota (Cachoeira/Bahia, 25’, 2011), de Leon Sampaio

Bate-Papo com o Diretor – Convidado: Leon Sampaio


19:30 – Apresentação de dança afro: Carmem Silva


Exibição de filme (Mostra Cinema & África)

Rastros, Pegadas de Mulher (Traces, Empreintes De Femmes, Burkina Faso, 2003, 53’), de Katy Ndiaye




Onde: Museu de Arte Contemporânea Raimundo de Oliveira – MAC (Rua Geminiano Costa, 255 – Centro (Vizinho à Biblioteca Municipal – Próximo ao Feira Tênis Clube)
Telefone: (75) 3223-7033
Quando: 09 de novembro, às 18:30, e dia 11 de novembro, às 18:00
Quanto: Gratuito!
Realização: TV Olhos D’Água e Coletivo Inovacine
Parceria: Feira Noise Festival
Apoio: MAC – 
Feira Coletivo Cultural – UEFS – NIT-UEFS – ATRH-UEFS – Projeto Sala de Cinema
Contato: tvuefs@gmail.com 
              inovacine@gmail.com



Padrão

Aninoise

O AniHime, em parceria com Feira Coletivo, vai trazer neste final de semana (dias 4, 5 e 6) no
Amélio Amorim um espaço de cultura pop japonesa, o AniNoise.
Lá teremos games e Aniokê, além de uma pequena esposições de artigos otakus, moda urbana japonesa e j-rock, venda de Yakisoba e espaço para descanso.
Não deixem de conferir!
Padrão

Feira Noise – Mostra Cinema e África

Projeto Sala de Cinema e Coletivo Inovacine apresentam:
Mostra Cinema & África


Memória Entre Duas Margens
(Mémoire Entre Deux Rives, Burkina Faso, 2002)










Ficha Técnica:Gênero: Documentário
Diretor: Fréderic Savoye e Wolimité
Sié Palenfo
Duração: 1h 30mn
Ano de Lançamento: 2002
País de Origem: Burkina Faso
Idioma do Áudio: Bambara e
Francês

Sinopse: Fréderic Savayone e Wolimité Sié Palento revisitam a história da colonização francesa na região
Lobi, a sudoeste de Burkina Faso. Nessa região, aldeias e famílias ainda estão marcadas pela
lembrança desse período doloroso. Comparada aos arquivos dos administradores coloniais, a
tradição oral permite restaurar cerca de um século de história, desde a chegada dos primeiros
brancos até os dias de hoje. Através de depoimentos transmitidos de geração em geração, o filme
desenvolve uma reflexão crítica a respeito da colonização e suas conseqüências individuais,
sociais e religiosas.

Convidada: Professora Lucilene Reginaldo, Doutora. 

Dia, hora e preços

04/11, sexta-feira, às 18:30 

Gratuito!


Onde

Museu de Arte Contemporânea Raimundo Oliveira (MAC)
Rua Geminiano Costa, 255 – Centro (Vizinho à Biblioteca Municipal – Próximo ao Feira Tênis Clube)

Contato

(75) 3223-7033 | 8109-0409 | 9189-9942






Veja a programação completa de cinema de Feira de Santana através do Clique Feira: http://www.cliquefeira.com/cinema/

Confira as novidades do Blog Inovacine: inovacine.blogspot.com